quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Paula Rego - Dama

Paula Rego ordenada Dama pela rainha Isabel II de Inglaterra
A pintora portuguesa Paula Rego foi ordenada Dama Oficial da Ordem do Império Britânico pela rainha Isabel II, distinção que a artista considerou um "grande reconhecimento".

Ao receber o segundo maior grau desta Ordem, criada em 1917, Paula Rego passa a ter o título de Dama - o equivalente ao Sir usado pelos homens -, que pode usar antes do nome. É a quarta mulher pintora a receber esta honra, após Laura Knight, Ethel Walker e Elizabeth Blackadder.
A distinção tinha sido anunciada a 12 de Junho, a propósito do aniversário da rainha, que todos os anos homenageia pessoas que se tenham distinguido nas respectivas áreas, nomeadamente nas artes.
(...) É considerada uma das melhores pintoras vivas no Reino Unido. Paula Rego chegou a Londres para estudar em 1952 na Slade School of Art, onde conheceu o futuro marido, o pintor britânico Victor Willing. Depois de um período em Portugal, Paula Rego acabou por se instalar na capital britânica em 1976, onde mantém residência e continua a trabalhar.
Paula Rego foi agraciada ao mesmo tempo que dezenas de outras personalidades das artes, da moda e da ciência, numa cerimónia com rituais antigos. Para os graus mais altos, os condecorados têm de se ajoelhar perante a rainha e são ordenados com o toque da espada nos ombros antes de receberem a insígnia. Entre os homenageados de hoje estavam Brian Cox, físico que foi músico na juventude mas que hoje é conhecido como um dos melhores comunicadores científicos, e Charles Blanchflower, economista que fez parte do Banco de Inglaterra e que avisou para o perigo de uma crise financeira.
A actriz Vicki Michelle, que se celebrizou devido ao papel de Yvette na série "'Allo 'Allo!", foi condecorada pelo trabalho em causas de solidariedade.

*Lusa

Imparável, o reconhecimento da sua arte, a um nível cada vez mais elevado.

1 comentário:

  1. Ficamos orgulhosos, não só Vieira da Silva se impôs lá fora...
    Bjs

    ResponderEliminar